INSTITUCIONAL


A Secretaria Municipal da Cultura – SECULT é órgão superior, subordinado diretamente ao Prefeito, constituindo-se como o órgão gestor e coordenador do Sistema Municipal de Cultura – SMC. Foi criada em 2005, pela Lei Municipal nº. 7.370/2005.

Suas missões são: elaborar e implantar políticas públicas de cultura garantindo a produção, fruição e democratização do acesso; desenvolver políticas, programações e ações visando o desenvolvimento cultural da cidade; articular, organizar e promover a cultura na cidade de Sorocaba, em 3 dimensões: simbólica, econômica e cidadã; colaborar com a construção do imaginário simbólico da cidade; e garantir o acesso da população a produção e fruição de bens culturais por meio da oferta de um sistema público e diversificado de programas, projetos e serviços.

Possui atualmente (novembro de 2016) em seu quadro funcional o total de 51 servidores, dentre eles: 01 Diretor de Área (cargo comissionado), 03 Chefes de Divisão e 03 Chefes de Seção (estatutários). Além dos cargos com formação específica da área de cultura que são: 02 Bibliotecários e 01 Museólogo. Com essa equipe a Secult administra atualmente 11 próprios municipais, são eles: Palacete Scarpa (sua sede), Biblioteca Municipal e Biblioteca Infantil, Parque dos Espanhóis, Teatro Municipal, Barracão Cultural, Museu Histórico Sorocabano, Museu da Estrada de Ferro Sorocabana, Casa Aluísio de Almeida, Casarão Brigadeiro Tobias e CEU das Artes. Além da gerência do Conselho Municipal de Políticas Culturais e Fundo Municipal de Cultura.

Dentre suas atribuições, que estão vinculadas diretamente aos seus objetivos, estão: formular e implementar, com a participação da sociedade civil, o Plano Municipal de Cultura – PMC, executando as políticas e as ações culturais definidas; implementar o Sistema Municipal de Cultura – SMC, integrado aos Sistemas Nacional e Estadual de Cultura; promover o planejamento e fomento das atividades culturais com uma visão ampla e integrada no território do Município, considerando a cultura como uma área estratégica para o desenvolvimento local e valorizando as manifestações artísticas e culturais que expressam a diversidade étnica e social do Município; preservar e valorizar o patrimônio cultural do Município; pesquisar, registrar, classificar, organizar e expor ao público a documentação e os acervos artísticos, culturais e históricos de interesse do Município; manter articulação com entes públicos e privados visando à cooperação em ações na área da cultura.

Somando-se a isso, a Secult também organiza atividades do calendário cultural da cidade, realizando ou apoiando a eventos e projetos da sociedade, desenvolvimento de ações culturais em conjunto com outras políticas públicas e prestação de serviços culturais permanentes. Dentre seus principais eventos geridos pela Secult está o Carnaval, Tropeada, Consciência Negra, Festival de Hip Hop, Festa Junina, Virada Cultural, Aniversário da Cidade e o Natal.

Além desses eventos, a Secretaria ainda organiza atividades, concursos e eventos para fomento da cultura local, como o Edital de Projetos Culturais que abrange diversas áreas da Lei de Incentivo à Cultura, os Prêmios de Artes Visuais, Literatura e Música, Mostra de Teatro no Aniversário da Cidade, além de ter inaugurado em 2015 seu Núcleo de Pesquisa e Formação Cultural, que concentra conjuntos de iniciativas de qualificação abrangendo cursos de iniciação artística, cursos de curta e média duração, tópicos emergentes e curso de formação para gestores culturais. Com objetivo de promover e estimular ações de formação e fruição contemplando os segmentos culturais e linguagens artísticas nos equipamentos culturais do Município.