Divisão de Patrimônio Histórico


A Divisão de Patrimônio Cultural é o principal órgão, lotado na Secretaria de Cultura, sendo o responsável pela gerência, administração e fiscalização tanto do bens tombados na Cidade, como da demanda burocrática criada por eles. Sua necessidade surgiu concomitantemente à necessidade de preservar os bens da Cidade e à criação do Conselho de Defesa do Patrimônio.

Com a responsabilidade de gerir o Conselho de Patrimônio, de amadurecer o conceito e o pensamento crítico sobre preservação, tombamento e educação patrimonial, a Secretaria da Cultura passou a questionar-se sobre qual seria a responsabilidade real da Secretaria, quem criaria e coordenaria a demanda e a burocracia criada. Sendo assim, verificou a necessidade de criar uma estrutura organizacional no organograma da Secretaria, originando então, uma Seção responsável pela demanda e para responder de maneira mais dedicada a todos os procedimentos necessários.