Arquitetura


A casa foi construída em 1910, com a finalidade de abrigar engenheiros e supervisores da Estrada de Ferro Sorocabana. De estilo arquitetônico inglês, é toda erigida de tijolos e cal. Os tijolos foram confeccionados pelos funcionários da Cia Sorocabana, já as telhas são originalmente francesas, vindas de Marselha.

Localizada no Jardim Matheus Maylasky, em homenagem ao fundador da Estrada de Ferro Sorocabana, a casa é composta de 11 cômodos, todos ocupados com objetos pertencentes à memória da Ferrovia Sorocabana. As obras de restauro tiveram início em maio de 1997.

Seus 09 cômodos, localizados no pavimento superior, possuem pé direito de 4,5 metros, enquanto o porão possui pé direito de 2,5 metros. Os pisos dos cômodos das salas e quartos apresentam tábua corrida tipo “macho-fêmea” de 15 centímetros, e rodapé de tábua de 20 centímetros, em madeira de peroba rosa.

A casa apresenta batentes de portas e janelas em estilo português, todos em peroba rosa, trabalhados em forma de frisos horizontais, com folhas duplas e bandeira.