51º Festa do Tropeiro de Sorocaba


A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Cultura e Turismo (Secultur), iniciou no dia 09 de maio a 51ª Festa do Tropeiro. O objetivo é celebrar a cultura tropeira e reforçar a sua importância na história da cidade, aproximando-a dos cidadãos.

De acordo com o secretário de Cultura e Turismo, Werinton Kermes, a programação foi elaborada por uma comissão organizadora, formada pelo poder público e representantes da sociedade civil, que se reuniu desde março no Casarão de Brigadeiro para definir as atividades. “Foi muito interessante à escolha desse local para pensarmos juntos na Festa do Tropeiro. Muitos integrantes da comissão ficaram emocionados ao retornar ao espaço depois de anos”, afirmou.

Tropeirismo

O início do Tropeirismo em Sorocaba aconteceu por volta de 1750 com o registro de animais na cidade, que transformou Sorocaba em passagem de tropas xucras ou arreadas. Como consequência desse evento, eram realizadas as famosas ‘Feiras de Muares’ que normalmente tinham duração de dois meses. O tropeiro era responsável pela circulação de produtos destinados à exportação e pelo abastecimento das regiões interioranas.

O Casarão de Brigadeiro Tobias – Centro Nacional de Estudos do Tropeirismo está localizado na rua cont. Antônio Fratti, no bairro Brigadeiro Tobias.